quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Teste de gravidez

O que você recomendaria, ou acha que deveria ser feito perante os seguintes cinco casos de gravidez?
PRIMEIRO CASO: O pai asmático e a mãe tuberculosa, tiveram quatro filhos: o primeiro cego, o segundo surdo, o terceiro morreu e o quarto tinha tuberculose. A mãe estava grávida de novo.
SEGUNDO CASO: Um homem viola uma menina negra de 13 anos e ela ficou grávida.
TERCEIRO CASO: Uma senhora está grávida; já teve muitos filhos. Dois deles morreram, o seu esposo está na guerra e a ela lhe resta pouco tempo de vida.
QUARTO CASO: Um pastor e sua esposa enfrentam problemas econômicos muito fortes, já têm 14 filhos, e são realmente pobres.
QUINTO CASO: Uma jovem está grávida. Não está casada e o seu noivo não é o pai do bebê que ela está esperando.

Certamente recomendaria um aborto em algum desses casos. Caso sua resposta tenha sido sim em algum deles, acompanhe a seguir:

PRIMEIRO CASO: Você teria ajudado a matar um dos mais brilhantes músicos do universo: Beethoven
SEGUNDO CASO: Você teria ajudado a matar uma das cantoras negras mais famosas do mundo: Ethel Walters
TERCEIRO CASO: Você teria ajudado a matar um homem que foi enviado por Deus para atuar na história da humanidade: João Paulo II
QUARTO CASO: Você teria ajudado a matar um dos grandes pregadores do século passado: John Wesley
QUINTO CASO: Sabem quem você teria ajudado a matar? Jesus Cristo

Todos têm o direito de viver.

9 comentários:

Pozzo disse...

continuo votando por sim no ultimo caso...

religiosidade burra, matou mais gente que qualquer outra guerra na historia do mundo!

disse...

nao foi jesus q matou muita gente pela religiosidade
foram os imbecis, ignorantes, machistas e antiquados seguidores da igreja catolica q inventaram regras e mandamentos imbecis so p/ ter uma desculpa p/ matar o povo sem riscos de declinio no seu poder...

Anônimo disse...

Cabe ainda ao ser humano decidir sobre seu corpo. Não é deus, nem jesus cristo que cria e sustenta.

Anônimo disse...

Lembrando que um bebê não faz parte do corpo da mulher, ele é um ser independente. Permitir que uma mulher mate uma criança por ela precisar de seus nutrientes para sobreviver, é o mesmo que permitir à um dono de hospital desligar um paciente terminal ligado à seus aparelhos, apenas por que lhe convém melhor assim.
=)

Thiago disse...

Joao Paulo II

Um dos grandes filhos da puta do mundo... AJUDOU OS NAZISTAS...

TA QUEIMANDO NO INFERNO AGORA, SENTADO NO COLO DO CAPETA!!!

silvalopes disse...

Não sei onde vc leu que João Paulo II foi colaborador nazista. João Paulo, como todos sabem, era polonês, e a Polônia foi o país que mais sofreu com a ascensão nazista.
Existem forte indícios (não comprovados), que João Paulo foi guerrilheiro partizan em sua juventude, fato que a Igreja tenta acobertar em virtude da aura de homem santo que o cerca.

Anônimo disse...

Não estou falando de igrejas e afins, estou falando em fé, eu acredito em Deus e tenhos os meus valores, e nesses inclue não matar.

Se acaso você concorda que abortar é legal, amanhã seu filho poderá ser morto e também poderá ser legal. Qual a diferença?

cesar disse...

Jonh Wesley ia fazer uma falta danada na humanidade!! Vou ficar sem dormir uma semana só em pensar q ele poderia n ter nascido. hauhauhauhauha

pen*ka*la disse...

engraçado...

se algumas mulheres pobres, violadas... se alguns casais pobres e cheios de filhos...
se algumas pessoas realmente numa situação complicada tivessem abortado, talvez tivessem evitado o nascimento de grandes criminosos, assassinos, mal-feitores da história da humanidade.

a historinha é interessante, mas não cola quando o que está se discutindo é aborto...